wigs for women wig types hair extensions for short hair headband wigs human hair wigs wig types sepia wigs wigs for black women forever young wigs synthetic hair lace wigs wig store human hair falls sherri shepherd wigs lace front wigs best wigs wigs for black women raquel welch wigs lace front wigs human hair wigs wigs for black women wigs for women cheap wigs lace front wigs human hair wigs hairpieces for women
BioInfo - Poríferos

Busca

esponja-do-mar1-g-20100806

As esponjas, que constituem o filo Porifera, são os mais primitivos dos animais multicelulares. As esponjas não têm órgãos, mas têm tecido conjuntivo bem desenvolvido, no qual as células realizam várias funções. As células das esponjas apresentam um alto grau de independência, de forma que o corpo da esponja lembra uma colônia de protozoários em alguns aspectos. As esponjas são sésseis e seu corpo é construído ao redor de um sistema de canais de água. A maioria das espécies são marinhas, sendo apenas cerca de 150 de água doce.

Estrutura das Esponjas

esponjas no fundo do mar

As esponjas variam enormemente em tamanho. Algumas esponjas calcárias têm aproximadamente o tamanho de um grãos de arroz, enquanto a esponja-de-tartaruga pode exceder um metro em altura e diâmetro. Podem apresentar simetria radial, mas a maioria é irregular. A maioria é colorida, mas existem esponjas verdes, amarelas, laranjas, vermelhas e violetas, sendo que o significado da coloração é incerto.

A superfície de uma esponja é perfurada por muitas aberturas pequenas, os chamados óstios, de onde origina o nome Porifera (portador de poros). Esses poros abrem-se dentro da cavidade interior, a espongiocele (átrio), que por sua vez abre-se para o exterior através do ósculo, uma grande abertura no topo do tubo. Uma corrente de água constante passa através dos poros e sai pelo ósculo.

filo-porifera

A parede corporal é revestida externamente por pinacócitos, que constitui um tipo de epiderme, a pinacoderme. Os pinacócitos secretam um material que fixa a esponja ao substrato. Cada poro é formado por um porócito, uma célula em forma de anel.

O esqueleto pode ser composto de espículas calcárias, espículas silicosas, fibras de espongina protéicas ou uma combinação de fibras. As espículas existem em várias formas e auxiliam na identificação das espécies. As chamadas megaescleras são espículas maiores que formam os elementos de sustentação principais no esqueleto e as microescleras são espículas menores.

As fibras são compostas de espongina, uma proteína fibrosa semelhante ao colágeno.

porifera

O lado interno do mesoílo, revestindo a espongiocele, é formado por uma camada de células camadas coanócitos. O coanócito é ovóide e sua região voltada para a espongiocele sustenta um flagelo. Os coanócitos são responsáveis por movimentar a água através da esponja e por obter alimento.

Formas

filo-porifera-60

As esponjas mais simples são chamadas esponjas asconóides. São pequenas e tubulares e compõem-se de grupos de tubos presos ao longo de seus eixos. As siconóides apresentam dobras em sua parede corporal e as leuconóides apresenta um sistema de dobras ainda mais complexo, com inúmeras câmaras interligadas por canais.

Assine nosso jornal mensal!