wigs for women wig types hair extensions for short hair headband wigs human hair wigs wig types sepia wigs wigs for black women forever young wigs synthetic hair lace wigs wig store human hair falls sherri shepherd wigs lace front wigs best wigs wigs for black women raquel welch wigs lace front wigs human hair wigs wigs for black women wigs for women cheap wigs lace front wigs human hair wigs hairpieces for women
BioInfo - Atualidades : Ebola

Busca

Ebola-story

O primeiro surto de ebola é datado de 1976 em um hospital em uma vila chamada Yambuku, localizada próxima ao rio Ebola na atual República Democrática do Congo. Desde então, diversos outros surtos da doença ocorreram ao redor do mundo, no entanto, nenhum chegou a contar tantas vítimas quanto a atual.

Sabe-se muito pouco sobre esse vírus. Ao contrário da maior parte dos vírus, que apresentam formas perfeitamente geométricas, o vírus do ebola apresenta uma estrutura alongada, como uma minhoca.

O vírus pode ser de cinco diferentes espécies agrupadas no gênero Ebolavirus da família Filoviridae. O nome das espécies corresponde ao local próximo do qual foram descobertos: Bundibugyo ebolavirus, Reston ebolavirus, Sudan ebolavirus, Taï Forest ebolavirus (originalmente a Costa do Marfim Ebolavirus) e Zaire ebolavirus.

A transmissão da doença ocorre apenas por contato com fluidos corporais (sangue, saliva, vômito, sêmen, fezes, suor) de pessoa infectada ou com algum doente que tenha acabado de morrer. No entanto, mesmo a pessoa infectada só pode transmitir a doença quando já apresenta sintomas. Os sintomas incluem dor abdominal, dor de cabeça, febre, náusea, vômitos, garganta inflamada, perda de apetite, dores nas juntas, diarréia, sangramento das gengivas, erupções e soluços. Pelo fato de o vírus ser incapaz de sobreviver exposto ao ar, é praticamente impossível alguém que não tenha tido contato com doentes adquirir a doença. Você não irá se contaminar só de estar no mesmo ambiente de um doente, você realmente teria que tocá-lo.

     
   ebola1