wigs for women wig types hair extensions for short hair headband wigs human hair wigs wig types sepia wigs wigs for black women forever young wigs synthetic hair lace wigs wig store human hair falls sherri shepherd wigs lace front wigs best wigs wigs for black women raquel welch wigs lace front wigs human hair wigs wigs for black women wigs for women cheap wigs lace front wigs human hair wigs hairpieces for women
BioInfo - Anexos Embrionários

Busca

Os anexos embrionários são estruturas derivadas do embrião, que não pertencem a ele.

São eles: saco vitelínico, âmnio (ou bolsa amniótica), cório e alantóide.

Âmnio

O âmnio é uma bolsa que contém o líquido amniótico e envolve o embrião, criando uma cavidade chamada cavidade amniótica. Suas funções incluem a proteção contra choque mecânicos e a prevenção da desidratação.

O âmnio é encontrado apenas nas aves, nos répteis e nos mamíferos. Ao final da gestação de répteis e aves, todo o líquido amniótico foi absorvido pelo animal.

Os peixes e os anfíbios não possuem esse anexo embrionário porque sua gestação ocorre em ambiente aquático.

anexosembrionarios3.jpg
   

Saco Vitelínico

É uma bolsa que contém substâncias de reserva (vitelo), que nutre o embrião. No caso dos mamíferos, o saco vitelínico encontra-se reduzido, pois a nutrição é realizada pela placenta.

À medida que o embrião se desenvolve, ocorre redução do saco até seu desaparecimento.

O saco vitelinico é o único anexo embrionário dos peixes e anfíbios.

Cório e Alantóide

É uma membrana que envolve o embrião e os demais anexos, sendo o anexo embrionário mais externo. Nos ovos de répteris e aves, por exemplo, essa membrana fica sob a casca. Nesses animais, o cório, juntamente com o alantóide atua nos processos de trocas gasosas entre o embrião e o meio externo.

anexosembrionarios
A função do alantóide nos répteis e nas aves é transferir as proteínas presentes na clara e parte dos sais de cálcio da casca para o embrião, que utilizará esses sais a formação do seu esqueleto. Além disso, participa nas trocas gasosas e armazena excretas nitrogenadas. As excretas desses embriões é o ácido úrico, insolúvel em água e atóxico, podendo ser armazenado no interior do ovo sem prejudicar o embrião.

 

Placenta


Todos os mamíferos, com exceção daqueles que botam ovos (ornitorrinco e equidna) formam a placenta. Esse órgão é constituído pela parede interna vascularizada do útero (endométrio) e estruturas derivadas do desenvolvimento embrionário. Alimentos, oxigênio, anticorpos e hormônios passam o sangue materno para o embrionário pela placenta, que transfere para a mãe as excretas e gás carbônico.

No entanto, é importante lembrar que os sangues materno e fetal não se misturam. Existe uma barreira que os separa, constituída pela parede das vilosidades.

embriaohumano

Nos mamíferos placentários, o saco vitelínico e o alantóide são diminuídos e não desempenham função como a desempenhada em aves e répteis. No entanto, contribuem para a formação do cordão umbilical, que liga a placenta ao embrião. No seu interior ocorre contato entre as artérias embrionárias e as veias da mãe.

placenta2

Assine nosso jornal mensal!